O que é um padrão sem emendas?

Explicando de modo simples, padrões sem emendas são imagens que se repetem sem que se perceba nitidamente onde as bordas se encontram. Quando as imagens são posicionadas lado a lado, não é possível ver a “emenda” da estampa. Um padrão sem emendas pode ser repetido inúmeras vezes para criar uma grande área estampada a partir de uma única imagem pequena. Eles são incrivelmente úteis para os designers, pois permitem preencher facilmente áreas com estampas padronizadas e podem ser redimensionados para criar o efeito desejado.

É possível criar um padrão sem emendas de várias maneiras. Uma imagem com repetição horizontal fica perfeitamente unida quando repetida à esquerda ou à direita. Se tiver repetição vertical, o conteúdo pode ser repetido para cima ou para baixo sem parecer “empilhado”. Ou pode simplesmente ser sem emendas e ficar mesclada em todos os 4 lados.

01
Entendendo os padrões sem emendas

O conceito básico por trás por trás das estampas para repetição é simples. Se um objeto dentro do padrão (por exemplo, as pedras na parede de pedra abaixo) ultrapassar a borda do padrão, a porção do objeto que se estenderá também deverá existir dentro do padrão no lado oposto. Basicamente, tudo que ficar fora de um lado do padrão deve aparecer no mesmo local no outro lado do padrão.

05

Sugiro que você comece a fazer alguns padrões de teste apenas para assimilar a técnica. Depois de fazer alguns padrões sem emendas, o processo ficará bastante natural para você. Vamos começar!

Faça você mesmo!

Etapa 1: Escolha sua base (o papel)

Escolha um tamanho e um formato que servirá de base para o seu padrão. Neste exemplo, faremos no formato quadrado, mas pode ser qualquer proporção que você desejar. O papel será seu guia e o ajudará a visualizar os 4 lados de sua textura. Ele também é útil para posicionar no seu documento um quadrado ou retângulo que tenha o tamanho exato de seu papel. Este objeto será sua cor de fundo e também será usado para mascarar seus formatos.

06

 

Etapa 2: Desenhe seus objetos

Comece a desenhar. Convém escolher dois lados que serão usados como bordas do seu “espelho” (neste exemplo, escolhemos o lado superior e o lado esquerdo). À medida que for desenhando seus formatos, você pode deixar os objetos ultrapassarem os limites desses dois lados. Só não se esqueça de deixar um espaço para esses objetos no lado oposto da textura, uma vez que tudo que ultrapassar a parte superior do padrão aparecerá no mesmo local na parte inferior, e tudo que ultrapassar o lado esquerdo precisará aparecer no lado direito. Isso não tem que ficar exato nesta etapa, nós podemos ajustar a posição dos objetos nas próximas etapas quando formos uni-los sem emendas.

07

 

Etapa 3: Duplique o padrão

Agora iremos mascarar nosso padrão. Selecione e copie o objeto do plano de fundo (ou crie um novo objeto quadrado do mesmo tamanho do seu papel) e cole-o na frente de seu padrão. Use esse objeto para mascarar seu padrão (no Adobe Illustrator, “Selecionar tudo” e, em seguida, “Criar máscara de corte” no menu do objeto). Você deve ter um único objeto que seja seu padrão inteiro. Agora, duplique seu padrão e posicione-o EXATAMENTE ao lado do original.

DICA PROFISSIONAL: O uso do recurso “Guias inteligentes” no Adobe Illustrator facilita o alinhamento das bordas dos objetos!

08

 

Etapa 4: Copie e cole os formatos

A mágica começa agora. Entre no seu padrão original (no Illustrator, clique duas vezes em um objeto mascarado para editar seu conteúdo) e selecione todos os objetos que ultrapassaram a borda de seu padrão. Copie-os. Em seguida, entre no seu padrão duplicado e cole os objetos copiados no mesmo local (no Illustrator, use o comando “Colar na frente” para que os objetos sejam colados na mesma posição de onde foram copiados). Ao fazer isso, você criará um padrão com borda sem emenda! Agora, você pode excluir seu padrão original e continuar a usar esta nova versão sem emendas.

09

 

Etapa 5: Crie todas as 4 bordas sem emendas

Repita o processo para todas as bordas que ainda não foram emendadas. Se você planejou tudo corretamente, você precisará fazer apenas a etapa 4 duas vezes, uma vez para as bordas esquerda/direita e uma vez para as bordas superior/inferior. Quando terminar, duplique o padrão e teste se ele está sem emendas. Verifique se você não se esqueceu de copiar objetos e lembre-se de que, se você fizer alterações nos objetos em seu padrão, precisará refazer a etapa 4 para todas as bordas afetadas. Quando estiver pronto, o padrão deve se repetir sem dar para se ver as bordas dos quadrados.

10

 

Isso aí!

11

Parabéns! Você acaba de criar um padrão sem emendas

Parece complicado, mas não é. Lembra o ato de costurar. Não é a coisa mais fácil do mundo, mas o efeito é tão incrível que vale o esforço. Talvez sejam necessárias algumas tentativas até que você entenda todas as nuances desse processo, portanto, fique firme e em breve você será um profissional. Esta não é a única maneira de criar padrões sem emendas. Fique à vontade para pesquisar novas técnicas e tente encontrar um método que funcione para você. Bons desenhos!

 

fonte: Texto: Istockphoto.com - Ilustrações: Doodle Machine

 

Categoria : Passo a Passo

Tags: , , ,